Anuncie aqui   

  Segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019 - 0h55

 Webmail   Senha     
    Home  
    SERVIÇOS  
    Agenda  
    Cadastre seu currículo  
    Classificados  
    Contribuições  
    Cursos  
    Eventos  
    Façonistas  
    Notícias  
    Produtos da região  
    Webmail  
    Outros serviços  
    INSTITUCIONAL  
    Ações  
    Associe-se  
    Anuncie aqui  
    Clipping  
    Fale conosco  
    Galeria de fotos  
    Imprensa  
    Parceiros  
    Sinditec  
     
 
Sinditec On-line
  Nome
 
  E-mail
 

não quer mais
receber? clique aqui

 
     
 
Ações
 
Sinditec pede redução do ICMS para o setor têxtil paulista
 
12/08/2009
 

O SINDITEC (Sindicato das Indústrias de Tecelagens de Americana e Região), após apresentação da luta do sindicato em defesa do setor têxtil, entregou ontem (10/8) ao deputado estadual Chico Sardelli (PV), coordenador da Frente Parlamentar, um documento de intenções propondo que a alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) seja de 7% para toda a cadeia têxtil.

“São Paulo tem uma das maiores alíquotas do país, que varia entre 12% para fiações e tecelagens e 18% para o comércio de vestuário, isso prejudica o desenvolvimento econômico e social do estado. Muitas empresas estão se mudando para outros locais, principalmente para o Mato Grosso do Sul, onde a alíquota é zero e ainda existem ofertas de áreas industriais com valores muito baixos, além de diversos incentivos”, explicou Fábio Beretta Rossi, presidente do SINDITEC.

Segundo Beretta Rossi, além da competitividade com os produtos importados, as indústrias de São Paulo, onde se concentra a maior produção do país, enfrentam também a concorrência interna. “Temos muita competência para competir com o mercado internacional e nacional, porém precisamos de alguns ajustes, como a redução do ICMS e de outros pontos que interferem no desempenho justo”, ressaltou.

“É preciso uma decisão política, não técnica ou econômica. O governo paulista não pode se omitir da guerra fiscal existente. Queremos a ajuda dos deputados nesta empreitada, juntamente com demais entidades, mostrando a força e importância do setor têxtil, grande gerador de empregos”, enfatizou o dirigente do SINDITEC.

Sardelli destacou que é preciso pensar nas empresas instaladas em São Paulo, para que não se mudem para outros estados. “Com uma indústria mais atrativa, novos investimentos virão para São Paulo, gerando emprego e renda. Vamos provar que, baixando a alíquota, aumenta a receita”, disse.

“Nós ouvimos as necessidades da indústria têxtil e agora vamos trabalhar junto ao governo estadual, no sentido de entrar com medidas legais para reduzir a alíquota do ICMS”, disse Sardelli.

O deputado estadual coordenador da Frente Parlamentar lamentou a falta de políticas públicas para o setor. Também informou que, caso o Executivo não atenda às reivindicações do setor, levará o assunto ao Colégio de Líderes da Assembléia. “Será elaborado um cronograma de mobilização para os próximos 30 dias”, afirmou Sardelli.

A audiência reuniu empresários e trabalhadores do setor têxtil, além de autoridades municipais do Poder Executivo e Legislativo da base de atuação do SINDITEC – Americana, Nova Odessa, Santa Bárbara d´Oeste e Sumaré – de representantes de sindicatos patronais e de trabalhadores da cadeia produtiva têxtil de todo o Estado de São Paulo.

Compuseram a mesa de trabalho: deputado Conte Lopes, presidente em exercício da Assembléia Legislativa; Germano Pavan Neto, presidente da ACIA (Associação Comercial e Industrial de Americana); Cláudio Peressin, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Têxteis de Santa Bárbara d´Oeste e vereador; Fábio Beretta Rossi, deputado Chico Sardelli, Rafael Cervone Neto, presidente do Sinditextil-SP, Elias Haddad, presidente do Sindicato das Malharias e Meias; Ronald Masijah, presidente do Sindicato do Vestuário Feminino e Infanto-Juvenil do Estado de São Paulo, deputado Camilo Gava e Geraldo Medeiros, presidente da Câmara dos Vereadores de Sumaré.

 

Voltar

 
       
   

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE TECELAGEM, FIAÇÃO, LINHAS, TINTURARIA, ESTAMPARIA E BENEFICIAMENTO DE FIOS E TECIDOS DE AMERICANA, NOVA ODESSA, SANTA BÁRBARA D’OESTE E SUMARÉ
Avenida Rafael Vitta, 1.073 | São Domingos | Americana - SP | CEP 13465-436
Fones: (19) 3407-1050 | 3405-8996 | 3406-8161 | E-mail:
sinditec@sinditec.com.br

© 2009/2019 Sinditec - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por
Net Exata