Anuncie aqui   

  Terça-feira, 26 de setembro de 2017 - 8h05

 Webmail   Senha     
    Home  
    SERVIÇOS  
    Agenda  
    Cadastre seu currículo  
    Classificados  
    Contribuições  
    Convenções  
    Cursos  
    Eventos  
    Façonistas  
    Notícias  
    Produtos da região  
    Webmail  
    Outros serviços  
    INSTITUCIONAL  
    Ações  
    Associe-se  
    Anuncie aqui  
    Clipping  
    Fale conosco  
    Galeria de fotos  
    Imprensa  
    Parceiros  
    Sinditec  
     
 
Sinditec On-line
  Nome
 
  E-mail
 

não quer mais
receber? clique aqui

 
     
 
Sinditec
 

Quem somos  |  Diretoria  |  Contato 

 
Quem somos
 
O Sindicato das Indústrias de Tecelagem de Americana, Nova Odessa, Santa Bárbara D’Oeste e Sumaré - SINDITEC foi fundado em 10 de fevereiro de 1989, quando elegeu sua primeira Diretoria. Foi registrado no Ministério do Trabalho em 10 de março de 1990. Naquela época, a Ministra do Trabalho era Dorothea Werneck.

Pouco tempo depois, o sindicato foi surpreendido por uma ação judicial, movida pelo Sinditextil, pedindo a impugnação do Sinditec. Esse entrave durou aproximadamente 10 anos e foi resolvido em 2001.

A idéia de criar o SINDITEC nasceu no Departamento Têxtil da Associação Comercial e Industrial de Americana- ACIA, por volta de 1985, quando os empresários têxteis se reuniram para resolver o problema da falta do fio de acetato, produzido pela Rhodia, que estava encerrando a produção deste material.
 
Os empresários decidiram importar diretamente o fio de acetato por meio de uma entidade de classe, que os representasse. Assim, foi fundado o SINDITEC.

Outra questão importante, que motivou a fundação do sindicato, foi a necessidade de as empresas da região tornarem-se independentes do Sindicato de São Paulo, trazendo as decisões do setor para Americana.

O primeiro presidente do Sinditec foi Angelino Raymundo Fortunato, eleito para o mandato de 1989 a 1993. O segundo presidente foi Joesel Spagnol, com mandato de 1994 a 1997. O terceiro presidente foi Mário Zocca, com mandatos de 1997 a 2000 e de 2001 a 2005. O presidente atual é Fábio Beretta Rossi, com mandato de 2005 a 2009 e de 2009 a 2012.

O SINDITEC representa cerca de 600 indústrias têxteis. O setor emprega aproximadamente 30 mil trabalhadores e tem uma produção estimada de 130 milhões de metros por mês

Momento marcante: destaque nacional

Com a abertura comercial do mercado brasileiro para a economia mundial, promovida pelo Governo Collor de Mello, o país passou a sofrer com a importação indiscriminada dos produtos têxteis. Entre 1993 e 1995, tivemos uma redução significativa de indústrias, enorme taxa de desemprego e diminuição da produção de tecidos. Em função disso, o SINDITEC, no dia 18 de maio de 1995 promoveu, em Americana, um grande movimento contra a importação de tecidos importados da Coréia. O movimento iniciou-se na Praça Comendador Muller e terminou na Rodovia Anhanguera, com a presença da tropa de choque do Comando da Policia Militar em Campinas, que reprimiu violentamente a ação dos empresários, trabalhadores, do prefeito municipal de Americana, à época, Frederico Pólo Muller, do presidente da Câmara Municipal de Americana, dentre outros manifestantes.

A partir desta data, o movimento em defesa da indústria têxtil, liderado pelo SINDITEC, cresceu cada vez mais e mobilizou a sociedade em torno desta causa.
 
 

Voltar

 
       
   

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE TECELAGEM, FIAÇÃO, LINHAS, TINTURARIA, ESTAMPARIA E BENEFICIAMENTO DE FIOS E TECIDOS DE
AMERICANA, NOVA ODESSA, SANTA BÁRBARA D’OESTE E SUMARÉ

Rua Luiza Meneghel Mancini, 112 | Jd. Paulista | Americana - SP | CEP 13468-274
Fones: (19) 3407-1050 | 3406-8161 | E-mail:
sinditec@sinditec.com.br

© 2009/2015 Sinditec - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por
Net Exata